Como ser um barman

Um barman é uma pessoa que tem uma enorme paixão pela preparação e pelo servir de bebidas aos seus clientes. Saiba como ser um barman, adquira a formação e certificação necessárias e destaque-se na preparação das melhores bebidas e cocktails.

O que significa ser um barman

Ser um barman não se resume apenas a estar atrás de um balcão a fazer cocktails e truques com as garrafas. Trata-se de um trabalho que não é fácil de ser realizado. É necessário repor os stocks de bebidas e frutas todos os dias, manter os vidros e os copos limpos, ver se as máquinas estão a funcionar corretamente (principalmente a do gelo), certificar-se que atende todas as pessoas que se encontram no bar (nunca deve servir bebidas alcoólicas a menores) e ainda deve lidar com todas as queixas dos clientes. Ser um barman é, sem dúvida, uma atividade muito exigente a um nível físico e psicológico.

Por outro lado, ser um barman é uma profissão que tem muitos momentos divertidos, permite-lhe conhecer novas pessoas e realizar muitas amizades e é uma forma excelente de desenvolver as suas capacidades comunicacionais e humanas.

Para ser um barman

Um barman é muito mais que um empregado de balcão que tem autorização para vender bebidas alcoólicas. Para se tornar um barman e para que seja um de sucesso, é aconselhável que efetue os passos seguintes:

Inscreva-se numa escola

A inscrição numa escola de hotelaria, mais especificamente no curso de bar e restauração, ou num curso profissional de barman, é o primeiro passo a dar e é talvez o mais importante, uma vez que obterá a formação necessária para desempenhar a sua profissão no futuro.

Existem cursos de barman específicos que lhe ensinam a arte da mistura de bebidas e da preparação de qualquer tipo de cocktail. Por outro lado, também é instruído na forma como deve lidar com os clientes e com as suas queixas nas mais diversas situações.

Obtenha a certificação de barman

Pode obter a certificação de barman através da realização e conclusão de um curso escolar e/ou curso técnico. A certificação é obtida depois de realizar um exame específico, onde tem de mostrar o que um barman deve fazer quando as pessoas bebem em demasia e como deixar de servir álcool às pessoas que se encontram embriagadas. A certificação é uma prova de que sabe lidar com pessoas intoxicadas num bar e isso é um requisito fundamental para ser um bom barman.

Adquirir um livro de bebidas e cocktails                                                                                                  

A compra de um livro de bebidas e cocktails permitir-lhe-á conhecer bebidas e cocktails que julgava não existir. Estude as descrições das bebidas e a forma como elas são preparadas e treine os seus conhecimentos ao prepará-las para os seus amigos e familiares.

Crie a sua própria assinatura

Utilize os seus conhecimentos para criar a sua própria assinatura nas bebidas que prepara. Para um barman, não existe nada como ser reconhecido pelas suas bebidas. Quem o faz tem uma vantagem enorme sobre os demais e isso poderá trazer consigo inúmeras oportunidades de trabalho.

Candidate-se a empregos em bares locais, pubs e restaurantes

Assim que concluir o curso, deve começar a trabalhar imediatamente num bar local, num pub ou restaurante, pois assim conseguirá colocar os seus conhecimentos em prática e é também uma forma de conhecer de perto os clientes e as suas exigências. Os clientes regulares irão tratá-lo com respeito desde que se mostre divertido e, acima de tudo, quando mostra que é um bom ouvinte.

Seja uma pessoa amigável

Para ser um bom barman é necessário que as pessoas sintam confiança em si e, como tal, é fundamental que seja uma pessoa bem-disposta, sociável e divertida. Tenha sempre um sorriso nos lábios quando algum cliente fala consigo ou efetua um pedido, isso vai fazer como que o cliente se sinta seu amigo.

Tenha sempre uma boa reação

Independentemente do desafio que lhe for colocado, deve ter sempre uma boa reação perante qualquer tipo de circunstância, nem que para isso brinque consigo próprio e com as suas incapacidades. Por exemplo, se um cliente regular lhe pede para fazer uma bebida ridícula que nunca ouviu falar, deve alinhar na brincadeira e pedir-lhe a receita. No entanto, deve ter imenso cuidado, pois a tal bebida pode existir mesmo, só que com outro nome.

Gostou deste artigo?: